Homens de carreira orientada

A vantagem de se utlizar a programação orientada a objetos em relação a outros paradigmas de programação é entender como funciona a 'lógica' de programação, pois seus cérebro não está habituado à esta lógica logo quando você começa a programar, mas ele está habituado à objetos. Apresentação do caso clínico de gonorreia. Paciente do sexo feminino, 27 anos, branca, secretária e procedente de Palmas, Tocantins, procurou a Unidade Básica de Saúde com queixa de dor durante o ato sexual e ao urinar acompanhada de corrimento vaginal, há uma semana. A construção de carreira está relacionada a decisões e atitudes que refletem não só na vida . ... Já aos homens recai as expectativas sociais de que . ... Carreira Orientada por V alores: ... Desenho de Sistemas de Recompensas e de Carreiras 3º Ano – 2º Semestre – GRH Ano Lectivo 2012/2013 Docente: Prof. Helena Marujo Relatório de Aula de 15 de Maio de 2013 Tiago Barbosa Lopes da Silva - 210581 No dia 15 de Maio, a aula foi orientada pelo convidado Dr. João Rosa de Carvalho, administrador da PT PRO, com uma longa experiencia na área de GRH iniciada no sector da ... Como atrair homens de Aquário. O homem de Aquário não é o menino da água de ninguém. Seria um erro supor que sim. Um liberal e independente, este homem tem a intenção de tornar. O mundo um lugar melhor para toda a humanidade. Essa abordagem grandiosa pode parecer um pouco esmagadora. O homem de Aquário também é inventivo e original. Até a década de 1970 o ideal de carreira seria se trabalhar em uma única organização, com movimentos verticais em uma sociedade com predominância de poder para homens, na denominada carreira ... O filme “Homens de Honra” relata a história de Carl Brashear, um homem negro, filho de um agricultor que se alistou na marinha e deixou seus pais para tentar melhorar de vida. Antes de Carl embarcar, para servir a marinha, seu pai lhe deixou uma mensagem: Nunca desista, seja o melhor! E ele guardou essas palavras até o fim. No trabalho produtivo (remunerado), as mulheres não ultrapassam os homens. Mas se somarmos o trabalho reprodutivo (não remunerado), elas trabalham em média 7,5 horas a mais que os homens por semana, segundo estudo do IPEA com dados do IBGE. Em 2015, a jornada total média das mulheres era de 53,6 horas, enquanto a dos homens era de 46,1 horas. Igualdade? Talvez em 2086. O mesmo relatório da OIT revela ainda que “ao ritmo atual, sem uma ação orientada, a igualdade de entre homens e mulheres não será atingida antes de 2086, ou num período de, pelo menos, 71 anos”.Preocupante?! Sem dúvida. Claramente ainda há um longo caminho a percorrer, mas para quebrar estas barreiras “invisíveis” terá que se verificar uma grande ... posições de liderança. Relativamente aos modelos de carreira, os homens mencionam mais figuras-modelo como mentores, professores ou chefias do que as mulheres, que reconhecem mais as influências de persuasão do que os homens. Quanto aos ambientes profissionais, a maioria dos participantes classifica os contextos predominantemente

Primeira Liga 2018/9, #16: SL Benfica 4-2 Rio Ave FC

2019.01.06 20:27 fidjudisomada Primeira Liga 2018/9, #16: SL Benfica 4-2 Rio Ave FC

ORA MARCAS TU, ORA MARCO EU!

Seferovic e João Félix dividiram irmãmente os golos com que o Benfica pegou numa adversidade (0-2 aos 20') e a transformou numa reviravolta meritória (4-2), arrancando, com justiça, três pontos na receção ao Rio Ave na 16.ª jornada da Liga NOS. Fruto de 35 golos marcados, as águias fecharam esta partida com o melhor ataque da prova.
Organizado em 4x4x2 na estreia de Bruno Lage no comando técnico, o Benfica procurou pressionar alto e ser agressivo nas ações de recuperação de bola, para logo começar a construir e desenvolver ataques que levassem a equipa para junto da baliza defendida por Léo Jardim.
Depois de o guarda-redes do Rio Ave parar um cabeceamento de João Félix na sequência de livre batido por Pizzi na direita (15'), os vila-condenses atreveram-se em terrenos mais adiantados.
[GOLO: 0-1] Depois de viajar da esquerda para a direita da área, a bola foi endossada por Galeno para a conclusão de Gabrielzinho em cima da pequena área benfiquista (17').
Sem que produzisse futebol para isso, o visitante não só se adiantou no marcador como aumentou a vantagem em nova chegada à grande área do Benfica.
[GOLO: 0-2] Galeno, entrando pela esquerda, cruzou para o centro da área e Bruno Moreira impôs-se nas alturas, cabeceando para o interior das redes guardadas por Odysseas (20').
Ferido por dois golpes, o Benfica reagiu com autoridade, determinação e notória convicção.
[GOLO: 1-2] João Félix assumiu a condução pelo centro do terreno e depois, com um passe curto, entregou a bola a Cervi, que logo a derivou para a infiltração de Grimaldo no corredor esquerdo. O lateral espanhol não perdeu tempo e fez um cruzamento rasteiro; João Félix deixou passar o esférico por entre as pernas e Seferovic, com uma notável receção orientada, colocou-se em ótima posição para finalizar de pé esquerdo na cara do guarda-redes contrário (27').
Pressionante e rápido, o Benfica, por intermédio de uma ação de Pizzi, conseguiu um desarme que se tornaria decisivo para igualar a partida.
[GOLO: 2-2] Depois do carrinho de Pizzi, Seferovic apoderou-se do esférico sobre a direita, foi por ali fora, entrou na área, rodopiou, forçou uma brecha e cruzou rasteiro, atrasado, para a conclusão de João Félix de pé direito (31').
Em bom estilo, ambicioso, o Benfica foi à procura do terceiro golo logo após o intervalo.
[BOLA NO FERRO] Decorridos 48 minutos, Grimaldo decidiu-se por uma entrada pelo corredor central e, depois de ultrapassar meia dúzia de adversários em fintas, o lateral do Benfica ficou cara a cara com o guarda-redes vila-condense, mas a bola rematada foi devolvida pelo poste esquerdo. Que oportunidade de golo!
O Rio Ave, com um futebol positivo, fez por se acercar da grande área do Benfica e dar trabalho a Odysseas, mas os encarnados estavam determinados a completar a reviravolta e a vencer.
[GOLO: 3-2] Recém-entrado no encontro (rendeu Cervi aos 61'), Zivkovic foi solicitado na esquerda e, depois de levantar a cabeça, fez um cruzamento para o desvio letal de João Félix, que rompeu entre dois adversários, sobre a zona do primeiro poste (64').
Desempoeiradas, as águias, com total louvor, viraram o resultado do avesso, mas não se contentaram com isso e evidenciaram vontade de fazer mais estragos nos últimos metros, desamarrando a eficácia.
[GOLO: 4-2] Aos 70', Odysseas sacudiu a punhos a bola chutada por Galeano e Zivkovic armou prontamente o contra-ataque, com a bola a ser transportada por Pizzi na zona decisiva, pertencendo ao 21 do Benfica a assistência para o remate de Seferovic, de pé esquerdo, descaído na direita do ataque.
Ferreyra (por João Félix aos 72') e Krovinovic (por Salvio aos 88') também foram a jogo no Benfica na parte final, refrescando o ataque e o meio-campo. O resultado, com uma monumental remontada, estava feito.

BRUNO LAGE: "REERGUEMO-NOS E A CAPACIDADE DE SUPERAÇÃO FOI MAGNÍFICA

Sport Lisboa e Benfica e Rio Ave disputaram, este domingo, a 16.ª jornada da Liga NOS. A formação de Vila do Conde esteve mesmo a ganhar por 0-2 na Luz, mas uma resposta espetacular, plena de mérito dos homens comandados por Bruno Lage, ditou o triunfo final, por 4-2.
No final do desafio, o treinador analisou as principais incidências, revelou que este momento foi um marco na sua carreira, contudo, o elogio e o mais importante foi a postura da equipa e a exibição convincente da mesma. Reconquistar o público, mostrarem que homens são e que equipa querem formar: foi este o mote dado pelo técnico às águias…
Reorganização com confiança
"Foi um bom jogo, com duas partes distintas! Os primeiros 20 minutos a tentarmo-nos encontrar na partida, o Rio Ave foi melhor aí, aproveitou muito bem esse nosso desencontro e chegou à vantagem, mas estivemos sempre confiantes, tranquilos, reorganizámo-nos, reerguemo-nos e a capacidade de superação dos atletas foi magnífica. Os três pontos e a exibição desses 20 minutos para a frente devem-se fundamentalmente a eles e ao trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos anos."
Seferovic e João Félix na frente
"Foi algo em que pensei quando assumi. Tentar aproveitar o facto de termos vários pontas de lança e alterar o sistema, mas isso agora vale o que vale… Se fosse sempre assim, jogar com dois pontas de lança e cada um deles marcar dois golos, todas as equipas jogavam em 4x4x2. Foi apenas uma opção, até porque ao longo dos anos, anteriormente, já se tinha jogado em 4x4x2 e conquistado várias coisas, e em 4x3x3 também, estes jogadores têm essa capacidade. A equipa terminou o último jogo em Portimão a jogar-se em 4x4x2, com atitude e posicionamento muito positivo, e eu tentei tirar partido disso."
João Félix: a posição e a dinâmica
"Vocês olham muito para o sistema, mas não olham para a dinâmica do sistema. Independentemente de onde jogava, eu via era um João a jogar muito bem entrelinhas e apenas isso. É como vocês dizerem que nós, na equipa B, jogamos em 4x3x3… Então, convido-vos e faço-vos o desafio de olharem para o nosso jogo e verem se é mesmo assim.. Porque temos três médios? Se amanhã colocar um central a ponta de lança, estou a jogar em que sistema? Não olhem para os jogadores, para as posições, olhem para as dinâmicas e para os espaços que ocupam."
Preocupações ofensivas ou mais defensivas?
"O que senti neste jogo é que, para além do aspeto defensivo, em determinados momentos podemos ter mais a bola e, a partir daí, evitar que em situações de transição a equipa fique exposta. Mas o futuro é treinar amanhã!"
Estreia como treinador da equipa principal
"O mais importante é olhar para aquilo que foi feito, para os jogadores. Os treinadores algumas vezes são aplaudidos, outras vezes não são, mas o mais importante foi o trabalho que os jogadores fizeram… É verdade que é um marco na minha carreira, é a estreia na I Liga, aqui no Estádio da Luz, com uma vitória, uma exibição convincente, mas o mais importante foi aquilo que os jogadores fizeram, o trabalho que têm vindo a realizar e, acima de tudo, aquilo que lhes pedi, reconquistarem este público, mostrarem os homens e os jogadores que são e a equipa que querem formar… É esse o caminho e logo se vê o que vai acontecer mais à frente!"
Treinador a prazo?
"Sinceramente, no primeiro dia, falei um minuto com o Presidente, que me disse para eu preparar o jogo com o Rio Ave, e no dia seguinte falei um minuto com o Rui Costa, que me disse que a partir de agora eu era o treinador do Benfica, que era eu que mandava. A partir daí, marquei treino para amanhã, e esse é o nosso futuro, o amanhã, e o treino de amanhã."
"Senti um total apoio de uma estrutura muito forte. O Presidente foi muito claro, muito simples: 'O míster Rui saiu, temos de preparar o treino de amanhã e o jogo com o Rio Ave'; e no dia seguinte o Rui Costa disse-me: 'És o treinador da equipa A, as pessoas têm de perceber isso, e independentemente do tempo que estiveres, tens de sentir isso.' E foi isso que aconteceu! Nestes dias, o meu foco foi estar concentrado e preparar o jogo."
Um abraço para o míster Rui Vitória
"Quero enviar um abraço ao míster Rui Vitória. Não nos podemos esquecer do trabalho realizado ao longo dos últimos três anos e meio, seis títulos conquistados no total e um trabalho fantástico com estes jogadores. Durante seis meses tivemos uma relação de amizade e profissionalismo, enquanto treinadores da equipa A e da equipa B."
A primeira convocatória
"Chegámos, conversámos com os jogadores, procurámos treinar, perceber as reações e depois ter feelings sobre isso. Tive um feeling de jogar em 4x4x2 e era preciso ter mais pontas de lança no banco, mais alternativas. O jogador que fica fora da convocatória não está longe de jogar, às vezes está mais perto do que aquele que vai ao banco."

Multimédia

Eleição do MVP

Talking Points

Preparámos uma lista de temas para conversas sobre este jogo, mas estejam à vontade para passar por cima dela, ou pegar num ou alguns, e apresentar as tuas observações e expressar opiniões:
  1. O resultado foi justo? Na tua opinião, o que faltou à equipa para alcançar um resultado ou exibição melhor?
  2. Está satisfeito com a resposta da equipa hoje? Qual foi o aspeto do jogo que mais te impressionou?
  3. Com o benefício da visão a posteriori, que alterações farias ao 11 inicial?
  4. Em retrospetiva, o que farias diferente ao longo do jogo? Como avalia os critérios de substituição? Trouxeram algo diferente ao jogo?
  5. Qual foi o jogador que mais se destacou com a camisola do SL Benfica? Nessa nota, quem foi a maior deceção?
  6. Quais são os aspetos positivos que o SL Benfica pode tirar deste jogo?
  7. Enfrentaremos o CD Santa Clara na próxima partida, no Estádio de São Miguel, em jogo a contar para a 17.ª rodada da Primeira Liga 2018/9. Quais as perspetivas?

Relacionados

submitted by fidjudisomada to benfica [link] [comments]


2017.08.19 23:52 fidjudisomada [Post-Match Thread] Liga NOS 2017/18, 3.ª Jornada: SL Benfica 5-0 CF Os Belenenses

Arte e classe em noite de clássico alfacinha!
Noite de clássico alfacinha, com a Catedral a engalanar-se para receber o duelo entre Benfica e Belenenses… e que noite fantástica para jogar e ver futebol!
Temperatura amena, romaria à Luz – 56 262 adeptos nas bancadas -, alegria dentro e fora das quatro linhas, futebol daquele que se gosta – bem jogado! – e golos, que golos!
Mas comecemos do início. As duas equipas subiram ao relvado com a estratégia bem definida. Os dois treinadores tinham avisado ao que vinham nas respetivas Conferências de Imprensa… e em campo os jogadores cumpriram.
Com três centrais, linhas coesas e baixas a tentar suster o Tetracampeão, à espera do contragolpe: foi este o figurino inicial dos Homens da Cruz de Cristo! Mas como tudo na vida… tudo muda, e aqui mudou obrigatoriamente ao minuto dois da partida.
Falta cobrada à entrada da área, cruzamento perfeito de Pizzi e, no coração da pequena área, surge Jonas, de cabeça, mortífero a fazer o 1-0.
O Belenenses reagiu – e bem! – subiu as linhas e discutiu o jogo, com Bruno Varela a responder positivamente num par de ocasiões.
Minuto 25 e o Benfica sacudiu o adversário de vez e arrancou definitivamente para um triunfo indiscutível.
Bruno Varela lançou Salvio, receção orientada – que bonito! – do argentino, com a bola, disparada de longe, a sair por cima da trave… estava dado o aviso!
Não foi aos 25’, foi precisamente três minutos volvidos! Salvio foca as redes à guarda de Muriel e, com um remate indefensável ao ângulo, faz um golaço, daqueles para recordar ao sabor do tango!
E da arte vamos de pronto para a inteligência e eficácia. Luisão sacode o esférico para bem longe da sua zona de intervenção, Jonas, com um ligeiro toque de cabeça, penteia para isolar Seferovic… na cara do guardião azul e branco, sem hesitar, friamente o suíço rematou para o 3-0. Aí vão quatro golos em quatro jogos.
Ainda antes do intervalo, Jonas de muito longe tentou aproveitar o adiantamento de Muriel, mas a redondinha beijou a trave e disse não ao bis do brasileiro.
Com 3-0 no marcador, o Benfica continuou a dominar – controlando e gerindo de forma inteligente – perante um Belenenses que nunca deitou a toalha ao chão e trouxe ainda maior mérito ao triunfo dos encarnados. Em cima do apito final, assistência de Raúl para o bis de Jonas... não satisfeito, já no período de compensação, o brasileiro faz o hat-trick: 5-0 na Luz... estava sentenciado o marcador!
Belíssima exibição de um conjunto com inequívoca qualidade, com toques de arte e magia ao nível individual, que sabe muito bem aquilo que quer e com um só mote: vencer!
O SL Benfica alinhou de início com Bruno Varela, André Almeida (Lisandro, 81), Luisão Jardel, Eliseu, Filipe Augusto, Pizzi, Salvio (Chrien, 71’), Cervi, Jonas e Seferovic (67’, Raúl) são os eleitos.
Com este resultado, a equipa comandada por Rui Vitória soma um pleno de três vitórias: 9 pontos!
Na próxima jornada o Tetracampeão desloca-se a Vila do Conde para defrontar o Rio Ave. Este desafio está marcado para as 20h30 do próximo sábado, no Estádio dos Arcos.
Fonte: SL Benfica

Coisas e Loisas

  • Jonas torna-se no 2.º estrangeiro do SL Benfica com mais golos (88) pelas águias; Óscar Cardozo é o melhor com 172 remates certeiros.
  • Jonas iguala o golo mais rápido no SL Benfica (2 minutos): 2017 Belenenses (Liga); 2014 Sp. Covilhã (Taça).
  • Golos mais rápidos na "nova Luz": 2006 Nuno Gomes 2' SCB; 2008 Yebda 2' Aves; 2011 Rodrigo 1' Olhanense; 2014 Garay 2' Juventus; 2016 Cervi 2' Marítimo; 2017 Jonas 2' CFB.
  • Salvio marcou o 49.º golo com a camisola do SL Benfica (melhor argentino); não marcava 2 ou mais golos nas 3 primeiras jornadas da Liga desde 12/13.
  • Em 4 jogos, Haris Seferović igualou o máximo de golos (4) marcados nas duas últimas épocas: 2016/17 Eintracht - 4G; 2015/16 Eintracht - 4G
  • Haris Seferović conseguiu marcar pela 1.ª vez na sua carreira 4 golos nos 4 primeiros jogos da época (3 na Liga, 1 na Supertaça)
  • Últimas 3 épocas com diferença de 3 ou mais golos ao intervalo na Luz: 2017 CFB; 2017 CSM (3-0); 2016 CSM (6-0); 2016 SCB (5-1); 2016 CSM (6-0); 2015 CFB (6-0);
  • Número de jogos que Seferovic precisou para marcar 4 golos: 2017/18 - 4J; 2016/17 - 20J; 2015/16 - 35J; 2014/15 - 8J; 2013/14 - 22J; 2012/13 - 17J.
  • Luisão iguala Coluna como o 3.º jogador com mais jogos pelo SL Benfica: 578 Nené (+60); 535 Veloso (+17); 518 Luisão; 518 Coluna.
  • Martin Chrien é o primeiro eslovaco a representar o SL Benfica; o médio faz a estreia com 21 anos e 11 meses.
  • Rui Vitória tem o melhor arranque de sempre no SL Benfica: 4 jogos, 4 vitórias, 12 golos marcados e 2 sofridos (+10).
  • Jonas fez o 3.º hat-trick (Sp. Covilhã, Nacional, Belenenses) com a camisola do SL Benfica; o 2.º na Liga Portuguesa e o 1.º de sempre na Luz.
  • Jonas chegou aos 90 golos (115J) ao serviço do SL Benfica; o avançado brasileiro igualou registo de João Vieira Pinto (302J).
  • O SL Benfica não vencia por 5 ou mais golos de diferença desde o jogo do título a 13 de Maio: 2017 Belenenses 5-0 (casa); 2017 Vitória SC 5-0 (casa); 2016 Marítimo 6-0 (casa).
  • Esta é a 12.ª goleada do SL Benfica na nova Luz (desde 2003) por 5 ou mais golos diferença; o Belenenses é a equipa mais castigada com 2 goleadas.
  • Desde Trapattoni (04/05) que SL Benfica não vencia os 3 primeiros jogos da Liga: 2017/18 - 3V, 9-1 Golos (+8); 2004/05 - 3V, 6-2 Golos (+4).
  • Há 53 anos que SL Benfica não tinha um arranque tão fulgurante nos primeiros 4 jogos: 17/18 - 4V, 12-2 G (+10); 64/65 - 4V, 21-4 G (+17).

Eleição do MVP

Talking Points

  • Está satisfeito com a resposta da equipa hoje? Qual foi o aspeto do jogo que mais o impressionou?
  • Qual foi o jogador que mais se destacou com a camisola do SL Benfica? Nessa nota, quem foi a maior deceção?
  • Enfrentaremos o Rio Ave FC na próxima partida, no Estádio dos Arcos, Vila do Conde, em jogo a contar para a Liga NOS. Quais as perspetivas?

Relacionados

submitted by fidjudisomada to benfica [link] [comments]


MARA PAVANELLY - HOMEM SÉRIO ( DVD 18 ANOS DE CARREIRA) Daniel - 20 Anos de Carreira Ao Vivo (CD Completo 2003 ... Homens da Luta - Jean Carreira ESTE HOMEM GRAVOU DE PERTO PELA PRIMEIRA VEZ UM ... Videoaula  Planejamento e Gestão de Carreira - YouTube Coaching de Carreira - Metodologia Missel BICO DE MICKEY CARREIRA ÚNICA PASSO A PASSO - YouTube Simulando carreira de *JOGADOR* do HOMEM DE FERRO!  FIFA ... Curso SapiênCia  Gestão da Carreira

UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA

  1. MARA PAVANELLY - HOMEM SÉRIO ( DVD 18 ANOS DE CARREIRA)
  2. Daniel - 20 Anos de Carreira Ao Vivo (CD Completo 2003 ...
  3. Homens da Luta - Jean Carreira
  4. ESTE HOMEM GRAVOU DE PERTO PELA PRIMEIRA VEZ UM ...
  5. Videoaula Planejamento e Gestão de Carreira - YouTube
  6. Coaching de Carreira - Metodologia Missel
  7. BICO DE MICKEY CARREIRA ÚNICA PASSO A PASSO - YouTube
  8. Simulando carreira de *JOGADOR* do HOMEM DE FERRO! FIFA ...
  9. Curso SapiênCia Gestão da Carreira

Já pensou se Tony Stark, o Homem de Ferro, tivesse virado jogador de futebol? Como seria sua carreira? Simulamos isso no novo experimento no FIFA 20! Novo ... Clube só do Crochê Diante desse cenário, cada profissional deve fazer a gestão de sua própria carreira e é importante fazê-la orientada para objetivos e metas bem definidas em cada fase. Song Still Sublime full 50+ videos Play all Mix - MARA PAVANELLY - HOMEM SÉRIO ( DVD 18 ANOS DE CARREIRA) YouTube MARA PAVANELLY - ME ESQUECE POR FAVOR ( DVD 18 ANOS DE CARREIRA) - Duration: 3:11. Mara Pavanelly 155,883 ... 01 – Eu sem você 02 – Evidências 03 – Um homem apaixonado 04 – Dá me, dá me 05 – Vida minha 06 – Só seu amor não vai embora (Part. Rick e Renner) 07 – Estou ... Todos os direitos: homens da luta, Valentim de carvalho e sic. This video is unavailable. Watch Queue Queue. Watch Queue Queue Clique aqui neste link e inscreva-se no canal: https://goo.gl/MCBq2e http://www.portaleducacao.com.br/administracao/cursos/734/planejamento-e-gestao-de-carreira Seja um profissional de sucesso. Além de contar com suas habilida...