Eu não tenho amigos

Desabafos

2015.07.17 00:35 chokkolate Desabafos

Quer desabafar e não tem com quem fazer isso? Quer apenas ser ouvido sem ser julgado? Quer apenas despejar tudo e ficar com o coração mais leve? Ou quer simplesmente pedir conselhos para algo que o aflija? Está no lugar certo.
[link]


2020.11.24 12:59 SantRuan Eu estava muito bem solteiro até que ...

Bem, dois anos atrás eu conheci uma garota linda no RJ em uma festa, pqp, foi tiro e queda. Devido a vários motivos da vida a gente teve que deixar de se falar, mas foi algo muito de boa para os dois lados.
Pandemia chegou, estava muito bem comigo mesmo, solteiro, cheio de contatinhos até que eu vejo uma solicitação no insta. Era ela. Eu nem me lembrava dela direito e meu core chegou a acelerar. Enfim, eu dei toda a atenção que podia, deixei ela como a preferência entre os meus contatos. Sério, se tudo fluísse bem a ideia era um namoro tranquilamente. Além disso, eu detesto ser uma pessoa que pega no pé de alguém, eu sempre dou a liberdade pra minha parceira de fazer o que quiser da vida e não a sufoco com conversas diárias do tipo "oi, tudo bem?".
A gente só teve um encontro e no pouco tempo livre que eu tenho eu tentava marcar algo com ela, mas ela nunca podia. 5 meses depois ela já não fala mais nada, não parece ter interesse algum e eu já tinha avisado que se não houver o mínimo de atenção não há relação. Ontem um amigo meu me mostrou ela no Tinder (eu sei que como estamos solteiros não existe nada de errado nisso, mas ela aparentava querer fechar um rel. comigo no início, então quando eu a vi por lá eu meio que e percebi que ela não tinha mais interesse nisso) eu deletei ela das minhas redes. Sinto que criei muita expectativa em alguém e não sei o que fiz de errado. Eu perdi várias oportunidades com outras e me decepcionei com ela.
Isso tá mais pra um desabafo
submitted by SantRuan to relacionamentos [link] [comments]


2020.11.24 09:22 thzoid Eu notei que, embora este subreddit tenha 1.8k de leitores, eu não tenho recebido 1.8k de upvotes nos meus posts.

Eu notei que, embora este subreddit tenha 1.8k de leitores, eu não tenho recebido 1.8k de upvotes nos meus posts. Eu não sei se isso vem sendo feito intencionalmente ou se esses "amigos" estão se esquecendo de clicar em "upvote". De qualquer jeito, essa foi a gota d'água. Eu levantei uma lista dos indivíduos que têm "se esquecido" de votar nos meus posts mais recentes. Depois de 2 strikes consecutivos, seu nome ficará automaticamente marcado de vermelho e eu serei notificado imediatamente. 3 strikes consecutivos e é melhor você esperar uma "consulta" minha pessoalmente. Reflita sobre suas ações.
submitted by thzoid to Copicola [link] [comments]


2020.11.24 03:58 AlanZuka- Ponto de vista

Fiquei dias pensando se eu realmente iria escrever isso mas não consigo arrumar coragem pra levantar da cama e sinto que preciso tirar o peso das costas.
Pelo meu ponto de vista do mundo,acho esse lugar em que vivemos é cruel com todos,inclusive comigo,estou me sentindo pressionado todo dia mas não sei pelo que,acho que a escola nessa quarentena cobra tanto dos alunos que a ansiedade e depressão viraram algo comum,eu acho incrível como eu que sou um garoto de apenas 12 anos pode viver ansioso,sobrecarregando,cansado e o único refúgio que eu encontro é o Xbox que me faz fugir da realidade por pouco tempo,eu desisti de tudo nesse ano,me sinto morto fazendo apenas a mesma rotina de anos atrás.
Eu não sei ao certo o que eu quero com esse post,posso ser ignorado por muitos,julgado ou consolado,apenas queria viver sem tanta coisa me preocupando,se tiverem algo bom pra dizer por favor escreva,acho que eu preciso disso,apenas consigo pensar no meu suicídio e em ninguém chorando pela perda,sinto que ninguém se importa,eu espero que pessoas como eu também tenham essa ajuda porque não consigo parar de chorar enquanto escrevo o texto,me desculpe se estiver confuso porque minha mente está confusa,era pra sentir que eu tenho amigos que posso confiar mas sinto que todos podem me trair a qualquer instante,não consigo mais fugir e preciso compartilhar isso,apenas queria que alguém me escutasse e falasse comigo,muito obrigado por ter lido até aqui e repito que por favor se tiver algo bom pra falar fale,quero desabafar mas não sei com quem então ser anônimo é muito bom aqui.
submitted by AlanZuka- to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 03:42 Wizard_without_magic Só pelo fim

Eu acho q era pra mim estar feliz com td q eu tenho... tudo o que eu conquistei, por mais que não seja muito.
Criei um canal no YouTube a alguns anos atrás, alcancei 12k de inscrições com edições q eu mesmo fazia... consegui um trabalho no Hospital aqui da cidade, passei na CNH, fui recrutado para o serviço militar obrigatório, me escalaram para uma Operação que só acontece de 5 em 5 anos, atirei de para fal...
E nunca consegui ficar com ninguém, nunca namorei... unico relacionamento que tive foi com uma "gp", ou seja... só pagando.
Será q é por q n sou um cara interessante? É minha aparência? Sou extremamente magro, tenho 19 anos mas todos dizem q pareço ter 13 ou 14...
Ja tentei engordar... não rola... não da...
Com certeza estou condenado a ser assim pro resto de minha vida...
E se é pra ser assim q nem meus ultimos anos de conquistas profissionais/materiais e contínuar nessa merda de solidão... por mim eu posso deixar de viver agora... por mim eu acabo com isso
A um tempo era eu ajudando meus amigos a tirar a ideia de suicídio da cabeça... hj é eu q preciso de ajuda... e estou sem dinheiro pra psicóloga pois já gastei td com aquela mulher q tenho q pagar pra ficar.
Inferno de vida porra
submitted by Wizard_without_magic to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 03:04 brayanDga Chamar pessoas

Então últimamente eu quero muito conhecer pessoas novas mas por apps de relacionamentos eu acho uma merda pois lá tudo é superficial, a aparência vem primeiro e tals, e uma pergunta que tenho aqui se puderem responderem e tals fico agradecido.
Um amigo meu fala para mim pedir número de alguém na rua tipo tava indo comprar uma coisa com ele e ele viu uma mina perto e falou para mim ir pedir o número dela para conhecer ela e tals, mas aí pedir o número de alguém aí n é meio zoado ? Sla eu sinto que sim mas n sei ele disse que não é mas eu fico na dúvida, se alguma mina ler isso comenta fazendo favor se seria agradável abortar vocês na rua e pedir o número ou seria nem estranho e alho chato. Eu pelo menos sou bem aberto mas ainda sinto ruim pedir número assim
submitted by brayanDga to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 02:54 Silly-Initiative3549 E lá vamos nós nos apaixonar de novo

Vei, comecei a gostar do irmão de uma amiga minha, ele é lindo e muito inteligente, sério muito, nos já eramos amigos a alguns anos, mas eu era mais amigo da irmã dele, até pq eu e ela tínhamos idade próxima, e via ele como uma criança, mas a crianca cresceu, e agr q ele tem 18 anos, ele já parece mais maduro q muito cara q eu já sai com 40-50 anos, eu tenho 21 anos, já falei com a irmã dele, e ela me deu uma zoada, mas foi super de boa, praticamente nosso ciclo de amizade em comum sabe, e já parece uma piada interna, mas pra pessoa q realmente importa nn sei se tô sendo claro. Ele é um fofo cmg, e me chama pra fazer as coisas com ele, só nos dois, nada romântico, mas ele nn é desse tipo. Eu fico na dúvida se ele tá afim ou não, as vezes acho q sim, e as vezes acho q eu tô louco. Até aí um romance jovem gostoso, acontece q eu nn consigo chegar lá e falar "e aí bora" tenho medo de estragar uma amizade bonita, como já estraguei antigamente, também tenho medo de deixar passar uma oportunidade boa de ter algo foda, acontece q ele é pan e a outra pessoa q eu fiz isso era hetero e era meio foda. Mas mesmo assim sou um pouco traumatizado, mas eu jogo o verde, e o cara nn pega, ou finge q não pega, outra coisa ele é meio tímido. Aaaahhhh não sei oq fazer, eu nn queria me apaixonar, ao mesmo tempo e gostoso lá no fundo, da um calorzinho no peito. Eu achei q ia demorar pra sentir algo por alguém d novo.
submitted by Silly-Initiative3549 to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 02:22 umasolitaria ALGUÉM PRA CONVERSAR

Oii gente. Meu nome é Ariane tenho 18 anos,e não tenho amigos pra conversar me sinto sozinha quase sempre minha diversão é meu jogo eu nunca tive muitos amigos tenho problemas de auto estima por conta do bullying sou tímida,não saio de casa meu mundo é dentro de casa praticamente ainda mais agora nessa pandemia. Eu so queria alguém pra conversar comigo só isso alguém quer conversar comigo???
submitted by umasolitaria to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 01:14 meninasolitaria13 Preciso de conselhos :(

Bom, eu estou um pouco nervosa escrevendo isso, já que é a primeira vez que eu escrevo coisas pessoais desse jeito pra um monte de pessoas que não conheço... Mas eu estou com muita vontade de desabafar, e já que não tenho ninguém pra fazer isso, aqui estou eu. (Desculpas se tiver alguns erros de português, estiver repetindo muitas coisas ou se eu não estiver fazendo sentido.)
Vou ser bem direta: me sinto sozinha e preguiçosa. E esse sentimento só piorou durante a quarentena.
Eu sempre fui assim, mas durante esse tempo que passei em casa só piorou. Já que eu não estou indo pra escola e só estou indo para um curso que eu estou fazendo, eu não tive muitas coisas pra fazer. Eu já não era uma garota muito ocupada, eu só ia pra escola e ficava em casa sozinha, esperando minha mãe chegar do trabalho. Mas já que as aulas acabaram, eu passo a maior parte do tempo sozinha.
Por causa disso, eu me 'apoio' nos meus amigos virtuais, já que na vida real, eu quase não tenho nenhum. O problema é que, diferente de mim, meus amigos tem o que fazer. Eles quase nunca aparecem, e quando eles estão online... Quase não prestam qualquer atenção pra mim. Eu sei que ninguém é obrigado a falar comigo, mas é errado querer pelo menos ter uma conversa?
Eu também não falo muito com a minha mãe, já que ela passa a maior parte do dia no trabalho. E quando ela chega, ela tá cansada, usa um pouco o celular e vai dormir. Eu até tento ter uma conversa, mas na maioria das vezes o assunto é "(Meu nome) vai fazer isso, vai fazer aquilo" o que é bem irritante.
Então, já que eu não tenho ninguém pra falar, eu tenho que ter alguma coisa pra fazer certo? Bem, sim e não. Eu tenho dever de casa, mas eu não sinto vontade de fazer eles. Isso me causou um pouco de problemas no curso, já que eu não estava entregando os trabalhos. Apenas recentemente que eu comecei a entrega-los direito. Tirando eles, eu não tenho muita coisa pra fazer. Só fico assistindo videos no YouTube ou jogando um jogo que baixei.
Eu estou cansada disso. Eu sempre vejo as pessoas se divertindo, conversando, vivendo a vida. Eu quero ter uma vida também, mas não tenho nada que me deixe com vontade viver.
E aí, o que eu faço? :(
submitted by meninasolitaria13 to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 00:45 throwaway1627826378 Ter tetas masculinas é horrível. Alguém já passou ou passa por isso?

Esse bagulho fode minha autoestima desde a adolescência. Hoje tenho quase 30 anos e ainda evito fazer algumas coisas por causa disso. O dia que peguei meus "amigos" me zuando pelas costas foi triste demais. Eram pessoas em quem eu confiava e me sentia confortável.
Eu sou aquele cara com biotipo bizarro conhecido como falso magro, mas a única parte que me incomoda mesmo é a gordura localizada na região do peitoral. Eu não consigo vestir uma camisa casual sem os peitos ficarem saltados. Por isso, to sempre usando camisas de gola polo com botões ou camisas de manga longa porque por algum motivo deixa o aspecto melhor.
E não parece ginecomastia, é só o acúmulo de gordura mesmo.
Já tentei dieta + academia, ganhei músculos, mas melhorou muito pouco o aspecto do peitoral. Meus próximos planos é visitar um médico pra ver se vale a pena fazer uma cirurgia ou gastar uma grana contratando um personal para me acompanhar mais de perto.
Lembro de me zuarem na academia também, cheguei em casa destruído. Era alguém que eu nem conhecia.
Enfim, só queria desabafar sobre isso e se alguém tiver alguma dica ou algum relato sobre o assunto, eu to aceitando. Eu sei que parece uma grande besteira, mas basta um espelho pra eu ficar muito mal.
submitted by throwaway1627826378 to desabafos [link] [comments]


2020.11.24 00:40 Vida_duida Você já sentiu que seu nascimento foi um erro?

Nesse exato momento não tenho ninguém para desabafar sobre a minha pífia vida, infelizmente enxerguei nessa semana que não tenho amigos com quem contar, tanto p/ me dá uma força ou apenas p/ me ouvir. Desde que fui concebido, antes mesmo de nascer meus pais levava a relação aos trancos e barrancos. Era para minha mãe ter me dado lá na maternidade, diz ela que tinha um casal na própria maternidade querendo me adotar, até o médico que fez o parto dela queria me adotar, mas ela mudou de ideia depois que nasci (e isso não significa que ela foi uma mãe coruja, dedica e zelosa.) Meu pai nem foi buscar ela na maternidade. Meus pais viveram 30 anos "juntos" e foi um inferno. Nunca se quer ouve uma comemoração de natal em casa. Nem passeio em família. Havia um grande desrespeito entre os 2. Um deles já não está mais neste mundo. E o outro com quem eu ainda moro , pq sou um derrotado na vida, murmura todo santo dia e só faz m3rda. Sempre me senti deslocado no mundo, um sentimento de vazio existencial. Sem propósito algum. Vejo famílias cujos os pais ama seus filhos e se esforçam para que ele(a)(s) tenham uma vida abençoada, daí fico pensando nos meus pais; -se eles tivessem essa vocação de querer um filho(a) teríamos sido uma família de verdade? Desejo uma boa noite de sono e uma manhã revigorada, paz e segurança para você! 🤙🙏
submitted by Vida_duida to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 23:52 palhaitaliana Estou muito feliz

Olá lindas pessoas desse maravilhoso sub, gostaria de compartilhar algo que me aconteceu hoje e estou muito feliz, e não tenho com quem falar, além de meus pais, mas queria muito conversar com algum amigo ou coisa assim, não sei, queria que mais alguém, além do óbvio, sem importasse e ficasse Feliz. Então, eu participei de uma seleção de menor aprendiz esses dias, e hoje descobri que fui aceita :))) sei que não é algo uau, mas é meu primeiro emprego e meu primeiro passo pra a vida real, digamos assim. Eu realmente estou MUITO feliz e queria despejar aqui. E você que está desanimado, e não acredita em sim mesmo, pode ter certeza que vai consegui, ja vi tantas reviravoltas que a vida dá, é tudo no seu tempo, lute, persista e consiga. Nunca me faltou nada, nem imagino como é passar por necessidade, mas espero que você consiga a superar, tenha esperança.
desculpe se eu magoei alguém, desanimei ou algo assim, realmente não foi minha intenção, se acontecer algo do tipo me peça que apago na hora! (se der, não sei mexer bem no reddit)
tenham uma boa noite!
submitted by palhaitaliana to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 23:21 akiravitoria Chega de twitter, pelo amor de deus CHEGA

OBS: Agora que eu li tudo eu percebi que eu usei uma linguagem bem rude, perdão se eu soar babaca ou pedante é que eu tava muito puta da cara escrevendo, enfim:
Entrei nessa porra desse site de merda a um ano e puta que pariu que erro enorme, nem só pelo site ser uma merda mas por ter conhecido pessoas e me relacionado com elas lá, ao longo desse um ano eu percebi que um amigo meu era pedófilo, entrei em um monte de briguinha idiota, vi gente que eu amava cometendo literal suicídio e adquiri depressão, e inclusive no meio dessas briguinha idiota eu acabei fazendo MUITA, mas MUITA merda por imaturidade, e por conta disso um monte de gente que eu amava me largou bem quando minha depressão começou a ficar mórbida pra caralho, vi gente que eu nem conhecia me bloqueando e CARALHO quando tu é jovem e tu percebe que existem pessoas que te odeiam porra tu fica zoado, mas ok, reconheci toda merda que eu fiz, tentei superar isso, virei uma pessoa mais madura e tô tentando seguir com minha vida bem e tranquila na medida do possível, e hoje do nada essas brigas idiotas voltaram, eu ainda não sei o porquê depois de MESES elas voltaram, mas bem, voltaram, e eu me vi sendo bloqueada por uma das pessoas mais gentis e legais que eu já tive prazer de conhecer e ela ainda se recusando a falar comigo ou me dar uma explicação, não, eu não sou vítima e de certa forma eu mereço isso, mas porra MESES depois de toda briga, tipo, MESES, eu tô só tentando viver minha vida e já tava bem afastada de todo mundo dessa briga, mas depois de MESES isso veio me buscar, e aí depois de um ano usando esse site com muita tristeza e raríssimos momentos de alegria genuína eu concluí: fodase, vou sair, se depois de meses dessa briga isso ainda me assombra, eu acho que vai ser melhor pra todo mundo se eu sair, quero que o Twitter deixe de ser minha segunda vida e vire algo que eu usei bastante durante um ano no meio de uma pandemia mundial e só, muita gente lá não gosta de mim, eu não tô feliz e eu sou um puta imã pra confusão e coisas do qual eu vou precisar de dez anos de terapia pra superar, as pessoas lá não gostam de mim, tenho alguns poucos amigos de lá que ainda tão comigo e eu vou manter contato com eles por discord. Pretendo começar a usar bem menos até largar totalmente, e apesar de tá triste com toda essa situação merda eu tô bem por tá largando isso. E como eu já disse, não sou vítima, tô comendo o pão que eu implorei pro diabo amassar e tô tentando amadurecer e me redimir dos meus erros, mas acho que é impossível eu seguir em frente estando presa a literal fonte de todos esses problemas
submitted by akiravitoria to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 22:53 rVonyon Mesmo que esse sub tenha 1k de leitores, não recebo 1k de cimavotos

Eu tenho percebido que, mesmo que esse subreddit tenha 1k de leitores, eu não estou recebendo 1k de cimavotos em meus posts. Não tenho certeza que isto está acontecendo intencionalmente ou então esses "amigos" estão esquecendo de clicar no 'cimavoto'.
De qualquer jeito, já vi o bastante. Eu compilei uma planinha dos indivíduos que estão "esquecendo" de dar cimavotos em meus posts recentes. Depois de 2 strikes consecutivos, seu nome aparecerá em highlight (mostrado em vermelho) e eu serei imediatamente notificado. 3 strikes consecutivos e você poderá aguardar uma "consulta" em pessoa.
Pensem sobre suas ações
submitted by rVonyon to copypastabr [link] [comments]


2020.11.23 22:23 throwaway208352508 Criei um ódio mortal de um jogo que eu amava

Criei a minha conta no LoL em 2014 quando ia na casa de um amigo, mas só comecei a jogar no começo de 2015 quando ganhei um notebook que conseguia rodá-lo. Fiquei apaixonado pelo LoL, partidas emocionantes, personagens incríveis e balanceados, etc. Jogava todos os dias, e nos fins de semana eram +10 partidas.
O jogo foi o meu refúgio, pois em 2015 tive uma leve depressão por causa da minha escola (particular). Os professores tinham PRAZER em fazer até os mais estudiosos reprovarem. Isso sem dizer que eram autoritários e grosseiros. A coordenação ''passava pano'' mesmo com todos os tipos de reclamação e protestos. E lá na escola eu só tinha um amigo, o resto me idolatrava mas eram falsos pelas minhas costas.
Isso tudo me deixou pra baixo por 2 anos. E o LoL era o meu cantinho de ser feliz. O problema é que deixei de viver para ficar no LoL. Reprovei no 2° ano, não tinha ânimo algum para estudafazer temas, faltava 1-2 dias na academia pra ficar jogando, deixei de sair de casa algumas vezes, etc.
Aos poucos minha vida foi se resolvendo, o problema é que continuei jogando LoL. Em 2018 eu jogava só para alimentar o vício. Com certas mudanças, o jogo ficou estressante, desbalanceado, trolls/ragers toda partida, etc. Eu jogava só por vício, até que me irritei tanto no começo de 2019 que pela primeira vez dei uma pausa no LoL. Nunca tinha ficado +1 semana sem jogar LoL. Foram 3 meses de pausa.
Depois disso, me diverti por mais algum tempo, só que esse ano novamente o estresse voltou. Senti que o número de trolls/ragers só aumentou. Eu tentava me divertir, mas os personagens ficaram MUITO fortes, mudanças ruins, client cheio de erros, comunidade extremamente tóxica, etc. Acabou que voltei a me estressar, e comecei a sentir desgosto pelo LoL.
Em setembro eu desinstalei o LoL, deletei minha smurf e estou seriamente pensando em deletar a conta principal. Só de ver um clipe/vídeo recomendado de LoL já sinto um ódio enorme e nunca mais quero jogar.
RESUMO: Comecei a jogar em 2015, me viciei ao ponto de ligar o foda-se pra escola, academia e algumas vezes deixei de sair de casa. O LoL era meu refúgio, pois eu odiava a escola e era um pouco depressivo, só que em 2019 dei uma pausa de 3 meses pelo jogo ter ficado muito estressante, e agora estou 2 meses sem jogar. Deletei minha smurf e estou pensando em deletar a principal. Tenho muito ódio do LoL, não quero nunca mais jogá-lo. O que me dizem?
submitted by throwaway208352508 to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 22:01 InbetweenStrings eu ODEIO a CLARO/Net

Sinceramente eu nao aguento mais. Estou sendo feito de idiota por essa empresa filha da puta.
Ano passado eu estava morando em São Carlos, já que tinha começado minha faculdade de engenharia elétrica. Eu assinei um contrato de internet com a Net dividindo com o meu vizinho (pagava 50 reais cada). Acontece que eu tranquei a faculdade no final de 2019 já que iria mudar meus planos e morar nos EUA (onde já estou fazendo faculdade online por enquanto). Quando me mudei de São Carlos eu cancelei o meu plano pelo site, e agendei um profissional pra buscar o moldem num dia que o síndico podia recebê-lo.
6 meses depois, eu já tinha esquecido dessa história, minha mãe(o contrato estava no cartao dela) simplesmente me avisa que a gente estava sendo cobrado desde que eu sai de são carlos. E não so isso, mas A CONTA ESTAVA DANDO 160 POR MES. (antes eu dividia 100 reais em dois com meu amigo, e agora por algum motivo o plano ficou mais caro + o meu plano não tinha sido cancelado). Como ser humano inseguro que sou, achei que tinha sido culpa minha que tinha cancelado de forma errada e liguei pra eles pra cancelar e receber um reembolso. liguei, e eles sempre absurdamente te fazem de idiota, e o processo durou mais de 1 hora, mas no final eu confirmei com o funcionário que o plano tinha sido cancelado e que eu receberia o reembolso (eles iriam eventualmente ligar pra informaçoes pro reembolso).
ACONTECE QUE 1: ELES NAO LIGARAM PRA O REEMBOLSO, E 2: EU CONTINUEI SENDO COBRADO PELO PLANO. E ISSO ACONTECEU POR 3 MESES SEGUIDOS, SENDO QUE EM TODO MES EU OFICIALMENTE CANCELAVA A CONTA COM ELES. em setembro, eu finalmente consegui cancelar a conta, e depois disso, EU SIMPLESMENTE NAO CONSIGO FALAR COM ELES SOBRE O REEMBOLSO, JÁ QUE "NAO TENHO MAIS PLANO".
ESSA EMPRESA É UMA MAFIA E TODA A VEZ QUE EU TENTO FAZER ALGO COM ELES, EU PERCO UMA QUANTIDADE RIDÍCULA DE TEMPO QUE EU NAO TENHO PRA GASTAR. ELES TEM UM MONOPÓLIO RIDÍCULO NO BRASIL E NA REGIAO EM QUE EU MOREI NAO TINHA OUTRA OPÇAO. A RAIVA QUE EU PASSEI E ESTOU PASSANDO POR SIMPLESMENTE TENTAR CANCELAR UMA CONTA É ABSOLUTAMENTE DESGASTANTE E A QUANTIDADE DE DINHEIRO QUE POSSIVELMENTE PERDI É ENORME. Sinceramente, considero nunca mais ter que usar o serviço deles uma das melhores vantagens de estar saindo do país.
submitted by InbetweenStrings to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 20:31 gambitboost Recentemente diagnosticado com TDAH e me sentindo mais sozinho do que nunca

Faz um tempo que eu estava desconfiando que tinha, comecei a ir pro psiquiatra no começo do ano e semana passada recebi o diagnóstico. Lembro que eu tava até ansioso pra saber, achando que ia ser uma maravilha, que tudo ia fazer sentido e que eu ia começar a me tratar.
É, tudo realmente faz muito mais sentido agora. Mas agora é como se meu mundo tivesse caído. Sou neurodivergente, funciono diferente dos outros desde que eu nasci e passei todos esses anos achando que eu era o normal, que todo mundo funcionava que nem eu, e agora me sinto um alienígena. Eu só queria me conectar. Sou um extrovertido impulsivo que quase não tem amigos, e os que tenho eu meio que "abandono" por não conseguir focar em conversas por muito tempo nem simplesmente LEMBRAR que tenho amigos.
Eu não sei como eu vou me formar um dia, nem se eu conseguirei manter um casamento, ter filhos, manter um emprego. Faz horas que a única coisa que eu faço é balançar na rede pensando em como seria a minha vida se eu fosse neurotípico, e nas coisas que eu perdi por ser assim. Me sinto um grande potencial perdido e nada além disso. Minha família não ajuda, minha mãe é extremamente controladora, ninguém faz nada pra me ajudar, só meu pai que paga meus remédios e minha terapia.
7 meses de EAD e não vi sequer 1 aula. Eu já não tenho motivação pra nada, porque sei que não consigo manter nada que me proponho a fazer. Eu não consigo me comunicar direito, tanto pela minha dicção horrível e fala atropelada como também por ser doido mesmo.
Não é como se eu tivesse mudado, eu sempre fui assim, a única diferença é que eu aprendi que a maioria das pessoas não, e isso matou toda a minha autoestima. Me sinto um incapaz, e é isso que sou.
submitted by gambitboost to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 17:10 DummyWall Acabei ficando com minha ex ( ._.)

Esses dias eu fui comer de tarde com meus amigos e minha ex faz parte do grupo, nós nos falamos normalmente e temos uma relação de amizade saudável, comemos, conversamos etc... Na hora de ir embora já de noite, acabei acompanhando ela pra casa e fiquei pra comer :), eu já sabia que algo iria acontecer, mas continuei lá, papo vai, papo vem ela começou a provocar, até que certo ponto eu cedi (mas não sexo).
Foi meu primeiro relacionamento, o termino foi um pouco depois do começo do ano, as vezes bate saudade do que a gente tinha, só que eu não quero mais, foi difícil pra mim, pra ela deve ter sido também, mas foi uma decisão dela, estávamos bem e talz. Daí de uns tempos pra cá eu coloquei na minha cabeça que por agora é melhor eu cuidar de mim mesmo.
Sei que a culpa é minha por não esclarecer as coisas e também por ter ido mesmo sabendo que ela ainda gosta de mim, não é complicado mas eu tenho a habilidade de complicar algo simples, vou conversar com ela e esclarecer as coisas.
Valeu por ler aí, desculpa qualquer erro, português não é meu forte
submitted by DummyWall to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 16:15 letsgag Vergonha de estudar na frente dos outros.

Olá redditors.
Venho passando por esse dilema há uns 3 anos, tenho muita vergonha de estudar na frente das pessoas, me sinto muito envergonhado e vulnerável. Por alguma razão eu gosto de passar essa imagem de sabichão e que eu sei tudo (O que não é nem um pouco verdade) e também apresento uma absurda dificuldade em aceitar ajuda das pessoas, mesmo que eu precise muito, me sinto inferior quando aceito ajuda de alguém. Às vezes estou passando por alguma necessidade e vem algum amigo pra me ajudar eu acabo não aceitando, e dizendo que está tudo bem e que tenho tudo sob controle (mas por dentro eu estou desesperado e uma ajuda seria ótima!!!!) Aí eles insistem em ajudar eu acabo ficando defensivo e rude, isso prejudica muito minha relação com eles, não gosto de tratar meus amigos mal. Talvez isso tenha a ver com o fato de eu ser homem? Vemos diariamente nos veículos de mídia que o homem deve ser "indestrutível" e que ele deve aguentar tudo porque se não, ele é fraco. Enfim, como posso mudar isso? Como posso dizer para mim mesmo que está tudo bem se sentir vulnerável e tudo bem aceitar ajuda das pessoas??
submitted by letsgag to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 15:53 adrianxpgay17 Mano sério eu não Aguento mais ver Gados (desabafo sobre os gados)

Oi para você que não me conhece eu sou um homem que tem Testículos, agora eu eu me apresentei vamos falar sobre Gados.
Quando eu era pequeno eu sempre me perguntava oque era "Gados" era Raro ver gados antigamente mais com a chegada das Redes sociais eu me deparei com algo que me marcou de verdade vi vários gados saindo mais tinha algo de diferente quem tocava o berrante era uma... MULHER.
Parando de historinha, cara que desgraça é essa eu tô dboa no discord Twitter e eu mau começo a ler oque as pessoas falam e já tem um
GALERA GALERA É SÉRIO EU E A ANA ESTAMOS NAMORANDO FINALMENTE EU CONSEGUI
Ou eu abro a porra do discord e tem em qualquer grupo mesmo
WEBNAMORO 9 CALL TUDO CHEIA E CHAT TAMBÉM
até aí tudo bem, até você começar a se deparar que seus amigos são gados e também todos ao seu redor também... Meu amigo quando eu descobri isso eu olhei para o meu pau e disse
mano eu não aguento mais, se for para fazer essa espécie chamada ser humano evoluir eu prefiro morrer, e também mais uma das minhas motivações é que o único animal que criou Tik tok e Boku no pico.
Cara sério toda porra de hora eu entro no discord pra conversar porque eu gosto de conversar com as pessoas meu amigo diz: Então mano sabe eu tenho que sair rapidão, e no outro dia o cara te manda no mesmo horário que você falou com o desgraçado a printe de ele gadando uma mina.
Pela primeira vez na vida eu me senti traído pois meus amigos aqueles filhos da puta só sabia falar de mulher puta que pariu, os cara nem com 17 anos não sabiam segurar a porra da Fimose deles,
Eu sei que eu tô falando do discord mais até no twitter os cara que eu jogo quando eu chamo eles pra dar uma jogada na dm do twitter os cara fala. Depois mano tô falando com uma mina. Mano eu não aguento mais.
Agora você sabe da minha vida com meus "amigos" Já que já sabe disso vamos falar sobre a minha vida em um chat geral Otaku
PUTA QUE PARIU MEU PARCEIRO, os chat geral quando não tem gado é uma felicidade mais quando tem um cara que é gado e você zoa uma mina, Maluco começa um Ace Attorney na porra do chat geral o cara começa a querer te matar, tem hora que o cara tenta arrumar um motivo pra te banir mesmo e tu tem que argumentar com o adm que e apresentar provas que você não é um Estrupador
Enfim se você leu até aqui parabéns Ismael marcos você não tem nada oque fazer. Isso foi só um desabafo e não se misture com gados você pode ser manipulado.
submitted by adrianxpgay17 to HUEstation [link] [comments]


2020.11.23 15:20 _Biino_ Jogar não me torna uma vagabunda sem futuro

Eu estou tendo um problema que é bem mesquinho até, mas é chato para caramba... Então vamos lá.

Desde os meus 11 - 12 anos eu tenho depressão e ansiedade, tive que tomar remédio pipipipopopo. A clássica história da adolescente depressiva que sofre bullying na escola por gostar de anime.

Enfim, sempre foi muito difícil eu fazer amigos, por que minha mãe me ensinou a ser uma pessoa legal independente do caso, mas a pessoas tiravam proveito disso mandando eu fazer as coisas ou zombando da minha cara por gostar de certo tipo de coisa. (No 7 ano, geral da sala se sentou no fundo para falar que eu era uma vadia... Por que a "fodona da sala" não gostava de mim) Com isso me tornei uma pessoa reclusa que tem mais amigos online do que na escola ou afins.

Esse ano, com tudo isso rolando eu começei a jogar LoL, pois é legal e é um lugar onde desconto minha raiva. Peguei gosto pelo jogo... Fiz amigos nele e jogo praticamente todo dia de noite, porque eu faço lição de tarde. E ai que entra a história...

Minha mãe odeia que eu jogue, pelo fato de eu ser uma garota e por que ela acha inútil e foda-se minha opinião. Eu literalmente passo o dia estudando e ninguém fala nada, eu jogo 10 minuto e sou a pior pessoa da terra. Já me cansei de ter que mutar meu mic por que minha mãe entra no meu quarto me xingando de vagabunda.

Cara, eu to procurando um emprego, trabalho de freelancer, faço minhas obrigações de casa. Por que diabos eu não posso relaxar? Meu primo faz a mesma coisa, só que fica infurnado no quarto e faz porra nenhuma e ninguém vai reclamar. Eu trabalhei 12 horas com o freela para eu conseguir comprar um heaset, e minha mãe reclamou tanto... Que eu só mandei entregar no endereço da minha vó para ela não ver.

Ela reclama direto desses adolescentes que vão para baile funk, se drogam pipipipopopo. Por que ter uma filha que joga é pior? Cara, eu me sinto muito bem jogando, meu amigos são pessoas extremamente legais e gostam da mesma coisa de eu! Isso que eu procurei minha infância inteira... Por que cargas d'água eu só não posso continuar?

Enfim, é isso. Perdão pelo textão.
Edit: Ela resolveu que vai desligar a internet de noite... Ela acabou de fazer isso e eu tava no meio de uma partida... Ah velho, cansei na moral.
submitted by _Biino_ to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 15:08 mathsantos751 Uma questão que doí

Oi, tudo bem com Vocês?meu nome é matheus e tenho 13 anos
 Bom eu tenho uma angústia no peito muito grande nesse momento, pois eu acabei de conhecer um menina eu e....... não era oque eu esperava, sempre que eu conhecia uma pessoa eu conhecia conversava e simplismente esquecia dela se a não visse mais na minha vida, Bom mas com esse foi diferente pois ela não saiu da minha cabeça e acabou sendo uma surpresa para mim pois nunca havia acontecido, mas para vocês entenderem eu vou ter que contar um pouco mais da minha vida. Eu tenho nesse momento 13 anos e 4 anos a trás eu vim para para SP (Eu moro na bahia,mas nesse momento estou em Sp)E fiquei 3 anos aqui então eu acabei acostumando com SP e eu fiquei muito mais muito chateado quando minha mãe me levou de volta para a bahia, chegado lá eu comecei morar no Sem terra (Tipo uma roça) onde minha mãe morava com o marido dela, meu padrasto, e a gente começou a ter muitas brigas mesmo então em menos de 3 meses eu e minha mãe Fomos para a cidade onde eu nasci que ficava perto do Sem terra mais ou meno uns 14 km de lá E começamos a morar na casa da minha vó (QUE ESTAVA EM SP) Comecei a estudar Numa escola chama Lions que fica bem perto da casa da minha vó, e comecei a estudar no período da tarde curursando o 6° ano e como eu me matriculei bem tarde eu tive que passar para uma escola que fica a 2 km de mim o MARIA D'JUDA lá eu fiz muitos amigos e a maioria era gente boa gente do bem ( mas que se misturava com gente do "mal" e se tornava um ) mas o colégio tinha pelo menos uns 3 traficante e uns 4 ladrões e eu era amigo do colégio interio sim até desse traficantes e ladroes 
então consequente eu tinha amigos que não são muito normais e a maioria já era condenado a morte e meu amigos nunca foram normais pois então maigos traficantes,ladrões e satanistas, sim satanista meu melhor amigo é satanista que eu acho normal cada um com sua crença. mas até aqui foi pra enxer linguíça agora começa mesmo a historia
 eu fiquei o período de junho de 2016 a dezembro de 2018 em sp (PODE FICAR CONFUSO MAS nem EU SEI DIREITO AS DATAS) e fui para a bahia e ocorreu tudo oque eu disse e mais lá eu tive uns 3 traumas Meu vizinho tentou me matar e correu atrás de mim com uma faca ele deu um surto, eu vi matarem uma pessoa na minha frente ( um ""Parente""")a e cirurgia de coração. até ai eu estava dboa até eu insistir e vim para Sp agora em 2020 tem uns 3 meses que eu estou aqui e eu comecei a ter uns problemas de ansiedade(que eu acho normal na minha idade hoje em dia é bem normal) comecei a tomar uns remedios e tudo bem. minha tia mora em um prédio e de vez em quando vou para lá para passar o tempo e uma dessas vezes que eu fui para lá eu conheci 2 menina mais específicamente gêmeas lara e anna, uma delas foi muito de boa comigo mas eu gostei muito da anna que não conversa muito comigo mas lara sim e eu gostei muito da anna ela tem 13 anos e lara tmb obivio mas aconteceu que anna não saia da minha cabeça (sei que todo mundo vai falar vc não tem idade pra isso, despreucupa dessas coisas, é so uma paixao de adolecente vai passar e provavel que vai passar mais queria uma opiniao sobre o caso eu fico aqui em sp onde eu arrumei amigos normais e tenho a maior parte da minha familia ou vou pra bahia e fico com minha mae e os meus amigo ""ruims"" que eu gosto muito 
mas o problema é vou pra bahia e fico la onde tenho muito amigos mas são más influencias ou fico aqui com meus amigos normais .
submitted by mathsantos751 to desabafos [link] [comments]


2020.11.23 12:52 LIS1050010 João Palhinha - entrevista ao jornal Record

João Palhinha tem sido um dos elementos em destaque no excelente arranque de temporada do Sporting CP. Em entrevista ao jornal Record, o médio formado em Alvalade falou sobre o bom momento dos leões, abordou a possível saída do Clube no último mercado de transferências e confessou o sonho de ser campeão pelo Sporting CP.
Bom arranque de temporada e mudanças no meio-campo
O míster adapta o jogo às características de cada um, apesar de ter na cabeça a ideia de jogo que quer. Sabe que me tem a mim e ao João Mário, ele mais ofensivo e eu mais defensivo. Posso falar também do Matheus [Nunes] e do ‘Dani’ Bragança. Neste meio-campo todos temos características diferentes uns dos outros. Pede-me que roube o maior número possível de bolas e que esteja preocupado com os equilíbrios, para evitarmos surpresas. Na parte defensiva tenho um papel mais influente do que o meu outro colega do meio, mas isso não significa que sirva exclusivamente para defender. Um jogador quanto mais completo for, melhor, e mais dinheiro ganhará. Estou cada vez mais completo, sim. Tenho muito a evoluir, faz parte do processo de aprendizagem. Todas as semanas o míster pede-nos coisas novas e tenta aperfeiçoar o modelo de jogo que implementou. Aos poucos vão olhando de maneira diferente, com mais respeito, e os resultados têm influência. O respeito ganha-se dentro de campo, independentemente da idade de cada um. Sinto termos todas as condições para surpreender. Obviamente, temos de ir com muita calma e passo a passo. Sabemos que estamos invictos no campeonato, mas algum dia vamos deixar de o ser. Isso é inevitável. E quando isso acontecer as pessoas têm de estar preparados e não meter as coisas num 8 ou 80, mas sim arranjar um meio-termo, com a consciência de que as coisas, correndo como estão a correr, vão a bom porto. Focamo-nos muito em nós, no nosso trabalho. Está tudo no início, não há campeões neste momento. É normal todo o ruído que se tem feito porque estamos a fazer bem o nosso trabalho. Quando se ganham jogos como temos ganho, com esforço e sacrifício, é normal que as pessoas na televisão comentem e que os jornalistas façam capas a valorizar o nosso trabalho. É bom, mas quando houver um jogo em que percamos temos de estar preparados para isso. “Presidente tem vivido momentos complicados” O Presidente tem vivido momentos complicados, difíceis, no clube. É preciso ter um grande estofo para aguentar tudo isto que tem acontecido, porque o Sporting passou por momentos muitos difíceis, talvez os mais difíceis da história do clube. Quando falei de o público ir ao estádio, acho que temos de remar todos para o mesmo lado, independentemente de gostarmos do Joaquim ou do Manel. Temos todos de estar juntos para as coisas correrem bem. O clube que estiver dividido é difícil as coisas saírem bem e é inevitável que a equipa sinta isso. 
Ausência de público nas bancadas
Qualquer jogador, profissional ou não, gosta de jogar com público, qualquer que seja a situação, gostando-se daquele ou do outro. Estando sempre a apoiar o clube do nosso coração temos de respeitar tudo e todos. Por isso, quando o público voltar aos estádios sei que isso não será impeditivo para deixarmos de fazer bem o nosso trabalho. Falo por mim, que gosto muito mais de jogar com um estádio cheio do que um vazio, que mais parece que estamos a fazer um treino em estilo de jogo. Espero que não falte muito para que o público volte aos estádios. 
Luta pela titularidade no meio-campo
São dois jogadores que me surpreenderam. O Matheus e o ‘Dani’ evoluíram muito. Todos os que partilham o meio-campo podem perfeitamente jogar. Se formos bem a ver, temos jogado os quatro, é bom para todos. 
Momento de forma de Pedro Gonçalves
O Pote está muito bem, não é preciso mexer [risos]. Felizmente as coisas estão-lhe a correr bem. É um jogador que no Famalicão jogava mais no meio-campo e que teve de mudar um bocadinho o chip para o sistema do Rúben, mas adaptou-se muito bem. Esperemos que continue assim. 
Chegada de João Mário
O ‘Jomi’ tem muita qualidade, toda a gente lhe reconhece isso. Em 2016, quando saiu do Sporting CP foi por valores astronómicos [40 milhões de euros, mais 5 milhões por objetivos, para o Inter]. Só isso demonstra bem o valor dele, que é inquestionável. Sinto-me um privilegiado por poder partilhar o meio-campo com ele. 
Aposta na formação
Ainda há pouco tempo comentei isso com o míster Emanuel Ferro. Fiquei surpreendido com a juventude, não o esperava. Por privar e treinar com eles, tenho uma noção diferente das coisas do que se tivesse de fora. Todos os miúdos que estão no plantel têm qualidade para lá estar, e vão aparecer mais. 
Atuação dos leões no mercado de transferências
Temos muito bom balneário, com união. A estrutura arranjou um misto de experiência e juventude. Acho que as pessoas olhavam para a nossa equipa como miúdos e tudo, mas acabamos por ser um misto das duas coisas. 
Sonho de ser campeão pelo Sporting CP
Tenho esse sonho, mas não é algo com que viva completamente obcecado. Fazendo-se as coisas com calma, trabalho e responsabilidade tem tudo para chegar a bom porto. Temos de estar sempre com a cabeça fria. Se já estivermos a pensar em maio, as coisas não vão correr bem. Queremos fazer o nosso caminho passo a passo. 
Começo de época a treinar sozinho
Deu-se muito eco a esse momento. O míster Rúben Amorim sempre me disse que contava comigo. Estava a treinar à parte dadas as coisas que estavam prestes a acontecer, e que depois acabaram por não acontecer. Quero aproveitar este momento para dizer que o míster Rúben Amorim ou a estrutura nunca me colocaram a treinar à parte com más condições, nada disso. A única justificação que se pode dar é essa. O míster sempre me disse que, caso não fosse vendido, era mais um jogador para ajudar a equipa. “Sempre me transpareceram a imagem de que contavam comigo” Sempre me transpareceram a imagem de que contavam comigo, ainda antes da pré-época começar. Por já ter trabalhado com o Rúben em Braga tinha essa confiança com ele para falarmos. Ele é um treinador que tem sempre à vontade para conversar com o jogador. Foi um fator que me agradou e tenho todo o gosto em dizer que é um grande treinador. Aliás, sinto-me lisonjeado por ter a confiança que tenho com ele. 
Elogios de Rúben Amorim
É sempre bom sermos elogiados, dá-me mais motivação. Eu e o Rúben temos essa confiança. Nesse caso elogiou-me, mas se tiver de me criticar, critica. É um meio-termo que arranjámos e que é muito favorável no processo de crescimento de qualquer jogador. 
Sistema de jogo dos leões
Falando um pouco do sistema de jogo, é uma tática inovadora para o campeonato português. Se não me engano, antes não havia nenhuma equipa que jogasse assim. E hoje já vemos certas equipas do campeonato a adaptaram-se nesta tática. Não estava à espera de que me adaptasse tão bem e fez-me evoluir. Por vezes estamos habituados a certo tipo de características e rotinas e isso obriga-nos a mudar o ‘chip’. Apesar de ser um jogador de equilíbrios, tenho a liberdade para chegar mais perto das zonas de finalização. “Ouço muita gente a falar da experiência e dos cursos dos treinadores” Ouço muita gente a falar da experiência e dos cursos dos treinadores… Falo do Rúben, como podia falar do míster Abel [Ferreira] ou de outros treinadores que apanhei, porque as pessoas falaram muito da questão do curso dele e de não ter experiência. E teve a carreira de futebolista que teve, o que equivale a não sei quantos anos de curso tendo em conta as vivências que teve ao longo da carreira. Não quero menosprezar os ensinamentos que se aprendem nos cursos, porque têm sempre a sua importância, mas acho que a real experiência aprende-se dentro de campo. Ele fala connosco de situações de jogo e é essa aprendizagem que nos faz evoluir, se no futuro quisermos ser treinadores. 
Futuro após término da carreira
Gostaria de seguir a carreira de treinador quando acabasse a de futebolista. Espero ainda estar longe disso, mas são coisas em que pensamos, dado que isto não é para sempre. Temos de ir idealizando um plano B. “Não é para qualquer um ser capitão do Sporting CP” Se o for, é com grande orgulho e extrema motivação, dados os anos da formação que conto. Tenho contrato com o Sporting há muitos anos. Não é para qualquer um ser capitão do Sporting, é uma grande responsabilidade. Se acontecesse era mais um momento de felicidade que teria na minha carreira. Varia de jogador para jogador. Temos tido sempre bons capitães. “Estive 15 dias trancado na Academia” Estive 15 dias trancado na Academia e com todo o tipo de condições, não nos faltou nada. Levavam-nos comida ao quarto e treinava, ainda que me tivesse ressentido do vírus. Quando achamos que somos fortes, é a prova de que ninguém é imune e todos os cuidados são poucos. Todos têm de respeitar as regras. O clube soube gerir essa situação muito bem, devido ao planeamento da equipa técnica e da estrutura. Lembro-me de que estávamos na Academia oito ou nove jogadores e outros elementos. Estava um grupo montado. Seguindo as indicações das entidades de saúde, então certamente as coisas vão correr bem. 
Possível saída na última janela do mercado de transferências
Naquela altura houve coisas que se falaram e que estiveram prestes a acontecer, mas depois acabaram por não acontecer. E se não aconteceu, é porque não tinha de acontecer. Na minha vida sempre pensei assim: se as coisas naquele momento não aconteceram, então é porque há algo melhor para conquistar. Numa entrevista que dei à Sporting TV tive a oportunidade de dizer que se tivesse saído do Sporting em 2018, dado que pouco joguei… Da mesma forma que se tivesse saído quando acabei a 2ª época no Sp. Braga, iria sempre ficar aquele vazio dentro de mim, por o Sporting ter sido um dos meus clubes de formação e ser o clube do meu coração. Ir para o estrangeiro e não ter conquistado o meu espaço ou ter demonstrado o meu valor num dos clubes que me formou seria um pouco… Iria ficar um vazio dentro de mim. “Campeonato inglês era aquele que mais me agradaria” Dadas as minhas características e pelo reconhecimento que dou a todos as ligas europeias, o campeonato inglês era aquele que mais me agradaria e onde mais me vejo a jogar. Obviamente que tenho esse sonho e objetivo, porque todos reconhecemos o valor da liga inglesa, como de outras, mas não vivo obcecado com isso. Quero é fazer um bom trabalho no Sporting, evoluir como jogador, fazer o máximo de jogos possível pelo clube. Quanto ao resto, é deixar as coisas acontecerem. “Neste momento, não é fácil ir à Seleção” As coisas vão acontecendo naturalmente. Espero estar perto! Reconheço que estão grandes jogadores na minha posição, neste momento não é fácil ir à Seleção Nacional. E não só pelo meio-campo, mas também pela defesa, ataque, guarda-redes… Temos muita qualidade. Alimento esse sonho todos os dias e trabalho para isso, é um dos principais objetivos e sonhos da minha carreira. Já tive a oportunidade de representar Portugal nas camadas jovens. Um dos maiores motivos de orgulho que um jogador pode ter é representar o seu país. Espero por isso que um dia possa chegar à Seleção Nacional e que não falte muito. Acho que encaixava bem, poderia dar coisas diferentes à Seleção. O Rúben, William e Danilo têm características diferentes. Não vivo obcecado com isso. Imagino-me muito a ouvir o hino com o estádio cheio de portugueses. É uma das imagens mais bonitas que me podem vir à cabeça. 
Regresso a Sacavém
As sensações são as melhores. Será um dos jogos mais especiais da minha carreira. Voltar a esta casa, que me acolheu quando tinha 14 anos, tem um grande significado. Estarei sempre agradecido por tudo que aqui vivi. Fiz amizades que ainda levo comigo. Não tinha visto o sorteio, estava a dar uma volta com um amigo. Recebi uma mensagem do meu pai, com a imagem do sorteio. Até lhe perguntei: ‘Estás a gozar ou a falar a sério?’. Pensei que era montagem (risos). Depois ele disse-me que era a sério. O Sporting tem uma dimensão totalmente diferente do Sacavenense, mas respeito terá de haver sempre. Queremos evitar surpresas. No campo são 11 contra 11 e as camisolas não podem pesar. Temos de encarar este jogo como se fosse da Liga dos Campeões. 
Chegada ao Sporting CP
Nem toda a gente sabe, mas vim aqui com o meu pai a um treino de captações, nos iniciados de 1º ano, e não me aceitaram. Saí daqui a chorar, a dizer que queria desistir. As rejeições nessa altura eram algumas e via o sonho adiar-se. Achava que não havia volta a dar. O meu pai e a minha mãe tiveram um papel muito importante nessas fases, porque me puxaram para cima. No ano a seguir voltei, fiquei e fiz o meu trajeto em crescendo. É uma história bonita que aqui deixei. Foi em 2012, em juniores, na primeira metade da época. Jogámos aqui contra o Sporting CP, cujo treinador era o míster Abel Ferreira, e perdemos por 2-1. Fiz um grande jogo e, no final, o míster Abel veio direto a mim e perguntou-me: ‘Queres vir para o Sporting em janeiro?’. Fiquei, tipo… Lembro-me que o meu coração começou a palpitar muito rápido. Já no passado tinham existido abordagens que não se concretizaram, julguei que fosse mais uma. Mas respondi: ‘Quero, míster’. Depois as coisas aconteceram naturalmente e em janeiro assinei contrato profissional com o Sporting. Para isso ter sido possível tenho de salientar o papel de duas pessoas: o míster Abel Ferreira e o sr. Aurélio Pereira. 
submitted by LIS1050010 to SportingCP [link] [comments]